Posts com Tag ‘Zona Incerta’

por Marcus Rocha

Para quem estuda o marketing na internet, com certeza já deve ter se deparado com o case Zona Incerta, do Guaraná Antárctica. Apesar de ter grande disseminação via internet, contando com o fenômeno do Marketing Viral, o Zona Incerta foi uma iniciativa multimídia (utilizou até cartazes nas ruas), sendo considerado um ARG (“Alternate Reality Game”, ou “Jogo de realidade alternativa”, em tradução livre). ARG, portanto, não tem nada a ver com Argentina, é uma tática de marketing muito utilizada por grandes empresas para promoção de produtos, ou lançamentos especiais. A parte interessante é que o “jogo” acontece na vida real, a partir de pistas plantadas em diversos lugares, principalmente na internet. E é utilizada por grandes empresas porque precisa utilizar vários veículos/mídias/meios de comunicação e, portanto, o orçamento normalmente não cabe no caixa de empresas menores.

O primeiro ARG que se tem notícia foi realizado para promover o filme “Inteligência Artificial”, de Steven Spielberg. O jogo teve duração de aproximadamente quatro meses e contou com a participação de mais de 7.000 pessoas, que dedicavam muitas horas de seus dias à solução de enigmas e busca de pistas sobre diversos personagens fictícios.

Voltando ao Zona Incerta, a história começou com a criação do site www.zonaincerta.com.br pelo cientista Miro Bittencourt, para decifrar documentos antigos escritos em código. De repente, cartazes começam a aparecer em várias cidades do Brasil e o suposto cientista (que nem existia) sumiu, deixando o site para o seu irmão, Gastão Bittencourt. Daí em diante, seguem-se vários episódios dignos de filmes de mistério, culminando com a descoberta de uma ONG que estava associada à empresa Arkhos Biotech, que dizia querer privatizar a Amazônia. O impacto da campanha foi tão grande que ecoou até no Senado, com um inflamado discurso do Senador Arthur Virgílio contra a Arkhos.

Enfim, o site Zona Incerta continua no ar e para quem não conhece a história, recomendo uma visita, que tem o resumo dos principais momentos da “trama”. Entre esses momentos, segue abaixo vídeo do Youtube, com uma suposta reunião na Arkhos, para discutir a compra da Amazônia:

Anúncios